Logística Virtual

E-logistica

  • Arquivos

  • Agenda

    maio 2010
    S T Q Q S S D
         
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  

A LOGÍSTICA NO COMÉRCIO ELETRÔNICO

Posted by lvf2j em maio 10, 2010

Muito tem se falado sobre as vendas através da internet, as chamadas e-commerce ( B2B e B2C ) e atreladas a elas a logística que envolve diretamente o setor. Infelizmente tem se imputado à logística grande parte da culpa pela deficiência no processo de remessa dos produtos comercializados pela rede. Será que a deficiência do processo esta somente na logística?
As empresas que hoje estão atuando no comercio virtual e aqui vale lembrar que estas empresas não são apenas aquelas específicas do comercio eletrônico mas também aquelas que atuam no setor produtivo e viram na rede mundial uma possibilidade de maior penetração e colocação de seus produtos, estão preocupadas apenas com a comercialização em si do produto deixando um pouco de lado a preocupação com a satisfação do cliente e que vem provocando desconfianças e descontentamentos do consumidor.Seria muito mais prático e confiável, se no ato da comercialização da mercadoria estivesse a ela vinculada um gerenciador de estoque, que disponibilizaria on line a quantidade de produtos estocados, evitando-se com isso o desprazer do consumidor, que após efetuar sua compra seja informado muitos dias depois que sua mercadoria não consta no estoque e que a sua compra terá um atraso na entrega ou em alguns casos, que ela não será entregue, o que é muito pior, pois nestes casos o produto já está pago e envolve todo um processo de estornos ou devoluções de pagamentos, gerando custos e desperdícios de tempo.
Por que também não se colocar a disposição do cliente, opções na forma de envio do produto ficando a cargo do cliente por exemplo, a escolha de receber o produto pelo correio a um menor custo, porém um pouco mais demorado, ou através de uma entrega expressa com maior custo porém com uma entrega imediata.
Por que também não se disponibilizar ao cliente uma opção de escolher a data para entrega, evitando-se com isso, problemas como o risco de ninguém estar em casa para receber e acarretar em mais custos de reentrega, ficando claro que para estes dois últimos pontos mencionados deverão haver parâmetros mínimos pré-estabelecidos para que não ocorram reclamações descabidas por parte dos consumidores.
Acredito que com estas colocações acima, proporcionariam uma maior confiança e um menor descontentamento do consumidor e ai sim poder se mensurar e imputar culpas no processo de comercialização eletrônica.
A logística não pode ser apontada como um problema e sim como uma solução deles e nem se poderia ser ao contrário, pois fugiria do conceito básico de logística que é de otimizar e racionalizar um processo produtivo com qualidade e menores custos e tempos.
Não pretendo com isso gerar conflitos entre as atividades, pois elas são partes de todo um processo, apenas deixar claro que um sistema de informação que cubra desde a solicitação ou intenção de compra de uma mercadoria até o recebimento da mesma seja transparente, proporcionando ao internauta comprador confiança e tranqüilidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: